INESC Porto
Galeria Jorge de Sena
Boletim INESC Porto
 
B o l e t i m N ú m e r o : 2 2 ( i n t e r n o ) / 8 ( p ú b l i c o )
 
 


O p i n i ã o

A Vós a Razão
Leitor empreendedor sugere novo formato para os postais de Boas Festas do INESC Porto em 2002 »

Galeria do Insólito
Acha que é difícil dizer ou escrever INESC Porto? Não? Pois saiba que há quem tenha grandes dificuldades... nunca lhe perguntaram por telefone se falava do INESC PORCO? »

Asneira Livre
Leitor disserta sobre as novas instalações do INESC Porto: "Isto estava a correr muito bem... Demasiado bem.... Mas agora começaram as aulas." »

Biptoon
Bamos Indo Porreiros. »

Especial
Já recebemos muitas fotografias para o Concurso de Fotografia do BIP... até de um concorrente alentejano. Para os atrasados, ainda aceitamos fotos até ao dia 18 de Outubro. »

Notícias »

 

Por cá é tudo "béri aitéque"


 Por Ernesto Santos*

Em resposta a um amável convite para despejar umas asneiras na rubrica de Asneira Livre, decidi falar sobre as novas instalações (falta de originalidade... eu sei).

Isto estava a correr muito bem... Demasiado bem.... Mas agora começaram as aulas. Para aqueles que achavam complicado trabalhar no centro da cidade, bem vindos à maior concentração de automóveis do planeta. Foi realmente boa ideia esta de criarem pólos que reunissem geograficamente várias escolas do ensino superior. Pena que não se tivessem lembrado que isso implicava que iam começar a passar por aqui pessoas... Muitas pessoas! Por outro lado, o trânsito já é impossível em qualquer parte da cidade há tanto tempo que provavelmente foi uma tentativa de manter a tradição... Afinal moro a 5 Km daqui e ainda há uns dias demorei 1 hora e 30 minutos a percorrer a distância de carro.

Por cá, e depois da excitação das mudanças, os colaboradores já se habituaram à nova casa. Ou quase... Afinal ainda continuo a ter problemas de deslocação entre os vários pisos. Quando entro no elevador, mesmo depois de uma luta desigual com a calculadora de parede, nunca sei em que piso vou sair. Mas tem as suas vantagens. Qualquer pessoa que se dirija ao INESC para uma entrevista passa agora por um processo de pré-selecção. "Pode dirigir-se ao 4 piso. O elevador é à sua direita". Se o tipo realmente lá chegar sem ter que recorrer às escadas, é "inginheiro" qualificado de certeza. Falta saber quem é o responsável pelo resgate de visitantes perdidos algures no edifício.

O layout interno em open space poupa uns quilómetros ao fim do dia quando se trabalha com uma equipa numerosa. Um sentido obrigado em nome das minhas pernas! As várias salas de reunião disponíveis também dão muito jeito. Mas o facto de não terem janelas torna-se um pouco claustrofóbico. Mas pelo menos lá um tipo não tem que levar com o sol nos olhos ao fim do dia como acontece nas salas com janelas viradas a oeste. Sim, porque todas as janelas estão equipadas com persianas... de fitas perfuradas! Quem inventou esta novidade deve ter achado que era altamente estético.

Enfim, uma quantidade de pormenores que também acabam por ser divertidos e servir como tema de conversa para ajudar a passar o tempo. A verdade é que mesmo com tudo isto, uma mudança de ares faz sempre bem e o edifício acaba por ser confortável. E esse conforto tem vindo a aumentar graças aos comentários dos colaboradores e a sua aceitação por parte dos responsáveis. Há sempre arestas a limar depois de qualquer mudança e com tempo, paciência e cooperação, tudo se resolve. Afinal, até já temos água e café disponível nos vários pisos, secretariado equipado com sistema de comunicação móvel interno ("béri aitéque"), e um bar que permite que se conheçam mais colegas de trabalho (gostei do pormenor das cadeiras do bar.......exactamente! Mas que é produtivo, ninguém põe em causa).

Aproveitem ao máximo a nova casa, ajudem a limar as arestas, e bom trabalho!

* Colaborador da Unidade Telecomunicações e Multimédia (UTM)

 

Asneira livre

Espaço para opiniões, sugestões e críticas dos colaboradores, onde as contribuições são publicadas sem qualquer
intervenção editorial.
As opiniões/sugestões/críticas podem ser enviadas para bip@inescporto.pt, não devendo ultrapassar os 2500 caracteres
(espaços entre palavras incluídos).