B O L E T I M Número 65 de Outubro 2006 - Ano VI

 BIP in English  BIP in English 

Início Destaque Editorial Especial Arquivo
 

N o t í c i a s  

A n ú n c i o s  

  • Jobs For The Boys And Girls
  • Nesta secção, o leitor encontra referência a anúncios publicados pelo INESC Porto, oferecendo bolsas, contratos de trabalho e outras oportunidades do mesmo género.

Ver Opinião

 

E S P E C I A L

IV - Visita da Comissão Científica ao INESC Porto

USIC valoriza a sua actividade e procura novos mercados

Imagem Principal Artigo

Até Novembro de 2006, a secção Especial do BIP será dedicada à visita da Comissão Científica e mais concretamente ao trabalho que cada Unidade de I&D teve na preparação da visita. No quarto “capítulo”, o BIP entrevistou João José Pinto Ferreira e António Gaspar, coordenadores da Unidade de Sistemas de Informação e Comunicação (USIC).

BIP: Que imagem de conjunto a USIC deu à Comissão Científica?
USIC: A nossa Unidade procurou dar uma imagem fiel do estado em que se encontrava naquele momento. Foi reunida informação e as peças foram aglomeradas num todo consistente. A USIC estava ainda num processo de reorganização e isso reflectiu-se em alguma falta de coerência. Esta falta de coerência, resultado da grande dispersão de áreas de investigação foi naturalmente colocada em evidência, e bem, pela Comissão Científica.

BIP: Que apresentação foi feita? E que objectivos tentaram cumprir?
USIC:
O objectivo foi retratar a Unidade tal como ela se encontrava no momento. Era nosso desejo receber comentários e críticas de alguém que, apesar de apenas contactar com a Unidade durante algumas horas, poderia, com a sua experiência, contribuir para ajudar a estabelecer algumas prioridades. A Comissão Científica fez um conjunto de comentários que foram, de facto, ao encontro da percepção que a USIC já tinha de si própria.

BIP: Quais são as visões para o futuro esperadas pela USIC?
USIC: A USIC tem um problema de curto prazo a resolver e está a trabalhar arduamente para o ultrapassar: a sua viabilidade económica. Com este objectivo, a Unidade levou a cabo uma reestruturação interna, tanto a nível de áreas (científicas) que agora são duas, e constituiu a denominada área de Consultoria, Inovação e Serviços, com a responsabilização de dois recursos humanos séniores pela gestão do processo de inovação interno e de disponbilização das competências da USIC para o mercado.

BIP: Actividades futuras?
USIC: Estamos a trabalhar no plano para 2007 e esta lista de actividades será colocada em evidência nesse documento. Existem contudo três vertentes cuja presença deverá ser considerável:
- Inovação: é muito o trabalho de investigação e desenvolvimento realizado na Unidade nos últimos anos. É imperativo maximizar a criação de valor que permita à USIC valorizar a sua actividade de consultoria e transferência de tecnologia.
- Novos mercados: a USIC tem tradicionalmente concentrado o seu trabalho no eGov, Saúde, Transportes e Telecomunicações. Mais recentemente tem tido contactos com novas áreas, sendo desejo da USIC alargar a sua área de intervenção estabelecendo parcerias com outras unidades sempre que se justificar e como já fez no passado.
- Actividade Científica: aumentar a produção cientifica, o número de doutorados na unidade e o número de projectos de I&D no próximo ano. Temos já um novo projecto Europeu CAALYX, o qual nasce da colaboração entre as actuais duas áreas científicas da USIC (Integração de Negócio e Sistemas de Informação Baseados em Localização), devendo num futuro próximo emergir outros que aproveitem da melhor forma as competências da USIC e sinergias com outras unidades.

BIP: Que novas parcerias esperam conseguir para a Unidade?
USIC:
Parcerias em novas áreas que permitam à USIC levar a cabo um processo de transferência das tecnologias por si desenvolvidas, tanto na área da Integração do Negócio, como dos Sistemas de Informação Baseados em Localização. Podemos aqui falar em parceria na área dos Transportes e Logística, Indústria Alimentar, Segurança, Saúde (p.ex.: monitorização remota de doentes).



INESC Porto © 2021  |Discutir no Forum   |Ficha Técnica   |Topo      

RESPONSABILIDADE: O BIP é um boletim irreverente e não oficial e os artigos e opiniões publicados não pretendem traduzir a posição oficial da instituição, sendo da responsabilidade exclusiva dos seus autores.