B O L E T I M Número 66 de Novembro 2006 - Ano VI

 BIP in English  BIP in English 

Início Destaque Editorial Especial Arquivo
 

N o t í c i a s  

A n ú n c i o s  

  • Jobs For The Boys And Girls
  • Nesta secção, o leitor encontra referência a anúncios publicados pelo INESC Porto, oferecendo bolsas, contratos de trabalho e outras oportunidades do mesmo género...

Ver Opinião

 

N O T Í C I A S


USIC colabora com Coordenação Nacional para a Infecção

Imagem Principal Artigo

A Coordenação Nacional para a Infecção VIH/Sida - Ministério da Saúde (CNSIDA), pretende desenvolver um sistema informático, passível de ser distribuído/utilizado por todas as unidades de saúde que seguem e tratam pessoas infectadas pelo VIH/Sida. Para além de contribuir para a uniformização de processos clínicos, o Sistema Informático do VIH/Sida (SI.VIDA) deverá possibilitar uma transferência de dados o mais transparente possível (obedecendo às regras impostas pela Comissão Nacional de Protecção de Dados) e, em última instância, uma melhor avaliação e gestão dos recursos envolvidos.

Tendo em vista os objectivos anteriores, e no âmbito de um protocolo celebrado entre a CNSIDA e o INESC Porto, arrancou em Setembro um projecto que visa a prestação de serviços de consultoria técnica especializada com vista à especificação de um sistema informático que suporte a recolha e tratamento dos dados de pessoas infectadas pelo VIH/Sida. Para tal, serão desenvolvidas actividades de diagnóstico, levantamento, análise e especificação de requisitos.

A especificação de requisitos a desenvolver servirá como anexo técnico de um caderno de encargos, com base no qual será lançado um concurso para o desenvolvimento do Sistema Informático do VIH/Sida.

A equipa da Unidade de Sistemas de Informação (USIC) alocada a este projecto é liderada por José Correia, estando também envolvido, como consultor sénior, Paulo Monteiro.



INESC Porto © 2021  |Discutir no Forum   |Ficha Técnica   |Topo      

RESPONSABILIDADE: O BIP é um boletim irreverente e não oficial e os artigos e opiniões publicados não pretendem traduzir a posição oficial da instituição, sendo da responsabilidade exclusiva dos seus autores.