B O L E T I M Número 66 de Novembro 2006 - Ano VI

 BIP in English  BIP in English 

Início Destaque Editorial Especial Arquivo
 

N o t í c i a s  

A n ú n c i o s  

  • Jobs For The Boys And Girls
  • Nesta secção, o leitor encontra referência a anúncios publicados pelo INESC Porto, oferecendo bolsas, contratos de trabalho e outras oportunidades do mesmo género...

Ver Opinião

 

N O T Í C I A S


UESP arranca com projecto europeu AC/DC

Imagem Principal Artigo

A Unidade de Engenharia de Sistemas de Produção (UESP) arrancou em Outubro com o projecto europeu AC/DC – Automotive Chassis Development for 5-Days Cars.

O objectivo principal do projecto é desenvolver um conjunto de conceitos e de métodos que permitam melhorar, de uma forma radical, o processo de produção de automóveis, diminuindo significativamente o tempo total que medeia entre a encomenda e a entrega ao cliente. Espera-se assim aproximar este tempo do valor paradigmático de 5 dias, mas garantindo que cada carro deverá ser produzido respeitando rigorosamente as especificações particulares de cada cliente.

Para atingir este objectivo ambicioso, será desenvolvido um inovador processo de colaboração entre os vários intervenientes na produção, baseado em “planning loops” reactivos, a identificar ao longo da cadeia de fornecimento. Uma vez que se pretende garantir o prazo de entrega a 100%, será desenvolvida uma ferramenta de recuperação dos atrasos que ocorram no caminho crítico do processo produtivo (“fail-save real-time event management”) que desencadeará um conjunto de medidas correctivas sempre que se verifique qualquer perturbação significativa.

A eficiência deste sistema só poderá ser assegurada se for possível garantir a existência de um elevado número de módulos do automóvel que sejam neutros relativamente às especificidades dos clientes, mas permitindo uma elevada parametrização, o que implica mudanças radicais na tecnologia dos componentes. A abordagem AC/DC deverá assim permitir à cadeia de fornecimento automóvel passar de um sistema de produção hierárquica tradicional para um processo “concorrente”, baseado em conhecimento, que aumente a capacidade industrial, reduza stocks e permita uma configuração rápida, de última hora e com baixos custos, de novos e mais variados produtos.

Trata-se de um Projecto Integrado (IP), de grande dimensão e com uma duração de 4 anos, envolvendo duas componentes (“workpackages”) fundamentais, uma que se refere ao projecto e configuração de um “chassis” de automóvel, flexível, e uma outra que se refere à gestão dinâmica da cadeia de fornecimento. É nesta componente que o projecto desenvolve um conceito inovador de gestão colaborativa, com vista a alterar radicalmente os prazos de entrega convencionais (da ordem dos meses) e a criar um sistema da capacidade altamente reactivo que reduzirá, de uma forma significativa, os stocks ao longo da rede de fornecimento.

Jorge Pinho de Sousa irá coordenar a participação do INESC Porto no projecto, que se irá centrar em tarefas relacionadas com esta componente de gestão dinâmica da cadeia de fornecimento, e que deverá envolver a adopção de sistemas informáticos inovadores. Estarão ainda envolvidos no projecto, entre outros, César Toscano e Luís Carneiro.

O projecto tem como líder a Continental Teves AG (DE) e conta com a participação de grandes empresas industriais como a BMW (DE), Volkswagen (DE), Siemens (DE), ZF (DE), Autoliv (SE). Para além do INESC Porto são ainda parceiros do projecto CARTIF (ES), Commissariat à l’Energie Atomique (FR), ERPC (DE), Fraunhofer Gesellschaft (DE), UNIMORE (IT), VDIVDE-IT (DE), ATB (DE), MTA SZTAKI (HU), Mandator (SE), CERTH (GR), University of Paderborn (DE).



INESC Porto © 2021  |Discutir no Forum   |Ficha Técnica   |Topo      

RESPONSABILIDADE: O BIP é um boletim irreverente e não oficial e os artigos e opiniões publicados não pretendem traduzir a posição oficial da instituição, sendo da responsabilidade exclusiva dos seus autores.