B O L E T I M Número 68 de Janeiro 2007 - Ano VII

 BIP in English  BIP in English 

Início Destaque Editorial Especial Arquivo
   

N O T Í C I A S


USIC participa em projecto europeu de apoio a idosos e desenvolve projecto com SEGALAB

Imagem Principal Artigo

Decorreu entre 15 e 16 de Janeiro em Valladolid a reunião de arranque do projecto CAALYX, onde participaram Artur Rocha, Ângelo Martins e Ricardo Henriques da Unidade de Sistemas de Informação e Comunicação (USIC).

O projecto CAALYX - Complete Ambient Assisted Living Experiment tem uma duração de dois anos e é financiado pelo Sexto Programa Quadro de I&D da UE, enquadrando-se no IST, mais exactamente na área Ambient Assisted Living.

Mas o que é o Ambiente Assisted Living (AAL)? É do conhecimento geral que a Europa está prestes a atravessar uma mudança social importante, devido a uma mudança demográfica nunca antes ocorrida: a relação entre os idosos e a população total está a aumentar de forma gradual, enquanto a percentagem dos grupos mais jovens está a diminuir, particularmente ao nível da população activa. A abordagem AAL é uma variante da Ambient Intelligence orientada a um grupo específico de utilizadores, dando algumas respostas aos desafios criados por esta situação demográfica. O AAL pretende prolongar o tempo que os idosos podem viver de forma independente, aumentando a sua autonomia e autoconfiança, oferecendo monitorização remota e cuidados, 24H por dia.

O objectivo principal é desenvolver um dispositivo leve e wearable, capaz de medir sinais vitais específicos do idoso, detectando quedas e acidentes e comunicando automaticamente em tempo real em caso de emergência, estando a pessoa em casa ou no exterior. A informação de emergência poderá ser dirigida para quem presta apoio ou para o 112. A informação transmitida irá incluir a localização geográfica, bem como dados vitais, de forma a ser iniciada uma resposta rápida e apropriada.

O CAALYX irá integrar geo-posicionamento móvel e tecnologias plug and play de redes sem fios dinâmicas e irá desenvolver algoritmos de detecção de quedas e de identificação de padrões de sinais biológicos. A integração de novos sensores não-intrusivos para detecção de queda e para um posicionamento mais rigoroso irá responder a muitos dos entraves colocados pelos utilizadores para a adopção destas abordagens.

O dispositivo de monitorização para o prestador de cuidados abrange desde um telefone móvel até um sistema mais complexo, de forma a ser criado um sistema integrado de cuidados para grupos de idosos. Quando o idoso estiver em casa, o sistema será complementado por outros dispositivos como câmaras e TV, de forma a permitir o estabelecimento de serviços pessoais de forma efectiva.

O sistema será testado num estudo de usabilidade integrado num programa social para idosos, com feedback de verdadeiros utilizadores finais.

A parceria é constituída, além do INESC Porto, pela Telefónica Investigación y Desarrollo-TID, Espanha (coordenador geral); Corscience GmbH & Co KG, Alemanha; COOSS Marche Onlus-COOSS, Itália; Synkronix Ltd.-SYNK, Reino Unido; University of Plymouth-UPLY, Reino Unido; University of Limerick-ULIM, Irlanda e Guy's and St Thomas' Hospital NHS-GST, Reino Unido.

A participação do INESC Porto através da USIC está focada nos sistemas associados ao posicionamento, quer ao nível dos dispositivos portáteis, quer ao nível dos sistemas de gestão, com um ênfase particular na interoperabilidade de informação georeferenciada. O INESC Porto tem a coordenação técnica do projecto e é líder do pacote de trabalho WP5 - Implementação do Sistema.

Recorde-se que esta parceria tem como base original a do projecto europeu MEDSI (um projecto sobre a protecção de infra-estruturas críticas) onde o trabalho do INESC Porto, através da USIC, foi unanimemente elogiado.

Para mais informação poderá ser consultado o site do projecto em http://caalyx.eu/.

... e desenvolve projecto com SEGALAB

A USIC está a apoiar o SEGALAB - Laboratório de Sanidade Animal e Segurança Alimentar, no desenvolvimento de um projecto NITEC - Sistema de Incentivos à Criação de Núcleos de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico no Sector Empresarial, o qual foi recentemente apresentado e aprovado.

Este apoio consiste no desenvolvimento de um processo de transferência de tecnologia, no campo dos sistemas de informação.

Este processo tem como vectores principais o apoio à reformulação do sistema de informação do SEGALAB; o apoio à implementação de aplicações e/ou módulos específicos e a transferência de tecnologia através da formação de um colaborador.

A USIC irá desenvolver um trabalho de levantamento, modelização e reformulação de processos de negócio, usando as melhores práticas e especificando uma arquitectura de sistemas de informação orientada aos processos. Esta arquitectura irá englobar os sistemas existentes e/ou novos sistemas, sendo os mesmos especificados e acompanhado o seu desenvolvimento, de forma a garantir a conformidade com os objectivos identificados. Neste trabalho serão explorados novos paradigmas de interacção via web e computação móvel, de forma a criar vantagens competitivas e a permitir ao SEGALAB a melhoria de processos e o lançamento de novos produtos e soluções.

Este projecto reflecte a experiência adquirida pela USIC na definição e implementação prática de arquitecturas de sistemas de informação, orientadas a processos de negócio, garantindo o alinhamento da tecnologia com os objectivos de negócio.

O SEGALAB é uma empresa participada pela AGROS - União das Cooperativas de Produtores de leite de Entre Douro e Minho e Trás-os-Montes e dedica-se a análises no campo da Segurança Alimentar e da Sanidade Animal.

A equipa da USIC que participa neste projecto envolve Rui Barros e Paulo Melo.



INESC Porto © 2021  |Discutir no Forum   |Ficha Técnica   |Topo      

RESPONSABILIDADE: O BIP é um boletim irreverente e não oficial e os artigos e opiniões publicados não pretendem traduzir a posição oficial da instituição, sendo da responsabilidade exclusiva dos seus autores.