B O L E T I M Número 72 de Maio 2007 - Ano VII

 BIP in English  BIP in English 

Início Destaque Editorial Especial Arquivo
 


O p i n i ã o  

  • A Vós a Razão
  • Colaborador comenta: "Temos uma travessia sinuosa e adamastores para alcançar o parque de estacionamento, falta um Vasco da Gama para encontrar uma rota pacífica"...

  • Asneira livre
  • Colaboradora revela: "É uma honra para mim fazer parte do INESC Porto e nada melhor do que começar pela ASNEIRA"!

  • Galeria do Insólito
  • Há sempre mil e uma formas de mostrar entusiasmo por algo... Aqui fica um exemplo no mínimo "despido" de preconceitos...

Ver Notícias

 

A S N E I R A  L I V R E


A importância do humor na ciência

Imagem Principal Artigo

Por Aurora Teixeira *

Como ‘novata’ no INESC Porto e sendo confrontada com a honra (e receio extremo) do convite da BIP (‘Bery Interesting Pals’), nomeadamente com o repto de apontar o que “mais gosto” e “menos gosto” no INESC Porto, lembrei-me de dissertar (humoristicamente) um ‘coxito’ sobre os cientistas ... ou seja, as ‘cabeças pensantes’ que labutam quotidianamente no nosso intenso e profícuo espaço.

Antes disso!

“O que mais gosto”: o nosso chefe! (parece ‘graxa’ mas é pura verdade!)
“O que menos gosto”: reuniões intermináveis com bolachinhas amarelas ...

Focando-me agora na questão do ‘humor na ciência’, creio firmemente nas palavras de Vuorela (2005)** de que o “[h]umor is such an inherent part of human interactions, [science] included, that successful [scientists] cannot afford to ignore it”.

Sara (4 anos): “Cientistas – uns sarrabiscos!”
Sara (4 anos): “Cientistas – uns sarrabiscos!”

Assim, e baseada em alguns excertos retirados de diversas páginas de internet, proponho aqui uma pequena, mas sentida, ode ao humor;).

Se ainda não parou de ler este singelo texto, poderá incorrer em ser considerado o ‘tal cientista’ se ...

... as únicas anedotas que recebe vêm via email;
... leva a cabo um debate de uma hora sobre os resultados esperados de um teste que efectivamente demora cinco minutos a correr;
... nunca fez back-up do disco duro;
… o seu Q.I. é maior do que o seu peso;
… lembra-se das sete passwords do computador mas não a data do seu aniversário (mais grave(!) do respectivo cônjuge ou companheiro(a));
... escreve 70 palavras por minuto no computador mas não consegue ler o que manuscreve;
... pensa que quando as pessoas que estão consigo bocejam é porque não dormiram o suficiente.

Termino salientando a honra que é para mim fazer parte do INESC Porto e nada melhor do que começar pela ASNEIRA!

“The most wasted of all days is that on which one has not laughed” (Nicholas-Sébastian Chamfort, 1741-94)

** Vuorela, Taina (2005), “Laughing Matters: A Case Study of Humor in Multicultural Business Negotiations”, Negotiation Journal, January 2005, pp. 105-130.

* Coordenadora da Unidade de Inovação e Transferência de Tecnologia (UITT)



INESC Porto © 2019  |Discutir no Forum   |Ficha Técnica   |Topo      

RESPONSABILIDADE: O BIP é um boletim irreverente e não oficial e os artigos e opiniões publicados não pretendem traduzir a posição oficial da instituição, sendo da responsabilidade exclusiva dos seus autores.