B O L E T I M Número 64 de Julho/Agosto/Setembro 2006 - Ano VI

 BIP in English  BIP in English 

Início Destaque Editorial Especial Arquivo
   

N O T Í C I A S


INESC Porto organiza IV Seminário da RTCM

Imagem Principal Artigo

O INESC Porto organizou o IV Seminário da Rede Temática de Comunicações Móveis (RTCM) no passado dia 21 de Julho, que decorreu no auditório, com mais de 50 participantes.

A RTCM é composta por centros de I&D e empresas com interesses na área das redes de comunicações móveis. Tem como objectivos principais promover a troca de conhecimentos e experiências entre os seus investigadores; promover a cooperação efectiva entre os seus membros e construir visões partilhadas de desenvolvimento nacional estratégico. Este grupo aborda uma série de temas relacionados com as redes 4G e redes ambiente.

As redes 4G assumem que um terminal portátil deve estar “sempre bem ligado” à rede. Significa isto que um terminal pode possuir múltiplas interfaces de rede, de diferentes tecnologias rádio, que vão sendo usadas à medida das necessidades do utilizador de forma automática e, eventualmente, simultaneamente. Este tipo de redes pressupõe ainda que a informação é transportada sob a forma de pacotes de dados.

Os problemas associados às redes 4G incluem o suporte da mobilidade, o encaminhamento do tráfego, o fornecimento de qualidade de serviço incluindo a gestão dos recursos rádio, a segurança e a contabilização do tráfego. Redes ad-hoc e redes móveis são consideradas. Os aspectos relacionados com o planeamento, gestão e operação deste tipo de redes serão também muito importantes.

As redes ambiente sustentam, sob o ponto de vistas das comunicações, um conceito designado de inteligência ambiente. Este último representa uma visão do futuro em que as pessoas se encontram imersas de ambientes que são sensíveis e reagem à sua presença. Assume-se que pessoas transportam consigo pequenos dispositivos que se encontram embebidos no seu vestuário ou no seu corpo, e comunicam entre si através de redes pessoais.

Estas últimas, compostas por ligações rádio, devem estabelecer relações de comunicação com as redes envolventes, que incluem aspectos de composição, segurança e mobilidade. Novos paradigmas de comunicação, como por exemplo redes com indirecções, podem aqui também ser enquadrados.

O seminário contou com a participação especial de dois convidados: Pedro Estrela e Prof. Lajos Hanzo <http://www-mobile.ecs.soton.ac.uk/comms/_private/Lajos.htm> apoiado pelo IEEE Vehicular Technology Society Portugal Chapter.

A Unidade de Telecomunicações e Multimédia (UTM) apresentou alguns dos seus trabalhos nas áreas de Qualidade de Serviço em redes sem fios e de controlo de congestionamento em meios partilhados.



INESC Porto © 2021  |Discutir no Forum   |Ficha Técnica   |Topo      

RESPONSABILIDADE: O BIP é um boletim irreverente e não oficial e os artigos e opiniões publicados não pretendem traduzir a posição oficial da instituição, sendo da responsabilidade exclusiva dos seus autores.