B O L E T I M Número 64 de Julho/Agosto/Setembro 2006 - Ano VI

 BIP in English  BIP in English 

Início Destaque Editorial Especial Arquivo
   

N O T Í C I A S


Projecto CoopNav apresenta resultados na feira NAVALIA

Imagem Principal Artigo

O projecto CoopNAV realizou o seu Workshop de encerramento no dia 24 de Maio, durante a feira NAVALIA – Feria Internacional de la Industrial Naval, que decorreu no IFEVI - Instituto Feiral de Vigo entre os dias 23 e 25 desse mês.

Este Workshop foi realizado no auditório do stand da ACLUNAGA – Associación Cluster del Naval Gallego. Durante a feira foram também realizadas sessões de demonstração ao longo do dia. O objectivo foi o de apresentar aos visitantes da feira os resultados do projecto CoopNAV.

Recorde-se que o projecto CoopNAV foi financiado pelo Programa INTERREG III A, Sub-Programa Norte de Portugal/Galiza, tendo como objectivo o desenvolvimento de uma ferramenta para o projecto naval, permitindo a simulação e o projecto de navios, assim como uma plataforma cooperativa que permite a interacção entre as empresas e os seus sub-contratados de forma electrónica.

Este sistema envolve também as Associações Sectoriais, permitindo o sourcing e o procurement através dos seus Portais, integrando com as ferramentas anteriormente descritas.

Os parceiros são a Associação das Indústrias Marítimas, a Associação do Cluster Naval Galego, a Universidade de Vigo e o Centro de Inovação e Serviços de El Ferrol. As instalações piloto decorreram nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo e nos Estaleiros MCIES em Vigo.

O INESC Porto foi responsável pela gestão do projecto, pela modelização dos processos de negócio e pelo desenvolvimento da plataforma cooperativa. A equipa do INESC Porto envolveu elementos da Unidade de Engenharia de Sistemas de Produção (UESP) e da Unidade de Sistemas de Informação e Comunicação (USIC).




INESC Porto © 2021  |Discutir no Forum   |Ficha Técnica   |Topo      

RESPONSABILIDADE: O BIP é um boletim irreverente e não oficial e os artigos e opiniões publicados não pretendem traduzir a posição oficial da instituição, sendo da responsabilidade exclusiva dos seus autores.