B O L E T I M Número 81 de Março 2008 - Ano VIII

 BIP in English  BIP in English 

Início Destaque Editorial Especial Arquivo
 


O p i n i ã o  

  • A Vós a Razão
  • Colaboradora afirma: "Quando todos “vestem a camisola” o desfecho é verdadeiramente excepcional"...

  • Asneira livre
  • Colaborador revela: "Por vezes os “openspace” dão a sensação de serem uma autêntica passerelle onde alguns personagens se passeiam exibindo os seus dotes vocais enquanto seguram o telemóvel"...

  • Galeria do Insólito
  • Todos temos o direito de ter as nossas superstições, mas há quem as leve demasiado a sério…

  • Biptoon
  • Mais cenas de como bamos indo porreiros...

Ver Notícias

 

A S N E I R A  L I V R E


À procura de novos ambientes de trabalho

Imagem Principal Artigo

Por Cristóvão Sousa *

Nunca fui rapaz de dizer grandes “asneirolas”. Contudo, vou hoje dar largas às minhas emoções!

Gosto do INESC Porto, caso contrário não teria regressado após alguns anitos. No entanto, e como em todo o lado, há coisas boas e coisas más. Vou referir-me de modo particular a uma das coisas que alguma inquietação tem gerado entre colaboradores do INESC Porto – o ambiente de trabalho “openspace”.

Numa altura em que se fala tanto de novas formas de trabalho, seria pertinente olharmos um pouco para o ambiente de trabalho em que a maior parte dos colaboradores do INESC Porto estão inseridos.

Nem sempre o “openspace” é sinal de ambiente colaborativo e interactivo, até porque nem sempre há essa necessidade. Por vezes, os “openspace” dão a sensação de serem uma autêntica passerelle onde alguns personagens se passeiam exibindo os seus dotes vocais enquanto seguram o telemóvel, num passo apressado e desgovernado que pressupõe que se subentenda um grande volume de trabalho.

Nesta estranha versão ou noutra, todos nós já incomodamos e já nos sentimos incomodados. Além disso, é chato estar sempre com os “ocultadores” nas orelhas. É necessário compreensão.

Mas a minha principal crítica/sugestão reside na necessidade da procura por novos ambientes de trabalho, orientados à produtividade, baseados em critérios como a ergonomia (fundamental), combate ao ‘stress’, personalização do espaço próprio, soluções para trabalho em equipa, e ambientes para conversação informal e discussão formal.

Que se abra um concurso para sugestões de melhoria dos ambientes de trabalho no INESC Porto, essencialmente mais ergonómicos.

Citando a RFM: “Vale a pena pensar nisto!”

* Colaborador da Unidade de Engenharia de Sistemas de Produção (UESP)



INESC Porto © 2021  |Discutir no Forum   |Ficha Técnica   |Topo      

RESPONSABILIDADE: O BIP é um boletim irreverente e não oficial e os artigos e opiniões publicados não pretendem traduzir a posição oficial da instituição, sendo da responsabilidade exclusiva dos seus autores.