INESC Porto
Galeria Jorge de Sena
Boletim INESC Porto
 
B o l e t i m N ú m e r o : 3 1 ( i n t e r n o ) / 1 7 ( p ú b l i c o )
 
 


O p i n i ã o

A Vós a Razão
Leitor escreve sobre a obrigatoriedade do gozo de pelo menos 10 dias úteis de férias em Agosto: "Como ainda ninguém resolveu partilhar essa "triste" experiência com os restantes "contratados" cá ficam as minhas perguntas e algumas das respostas que consegui encontrar..." »

Galeria do Insólito
Não perca a história da senhora que telefonou a saber se o director José Carlos Caldeira lhe podia tratar dos calos dos pés... e divirta-se a imaginar os jogadores do Torneio de Futebol nos anos 60! »

Asneira Livre
Leitor partilha a alegria da vitória da UESP, "uma equipa vencedora não só a nível desportivo, mas acima de tudo vencedora na maneira de receber e integrar quem chega de novo" »

Biptoon
Bamos Indo Porreiros »

Especial
Gostou de ver a Exposição de Desenhos "Art In esc"? Então conheça melhor cada um dos autores dos desenhos. Entrevistas e fotografias exclusivas neste BIP»

Notícias »

 

A história do director-sapateiro...

Num dia solarengo de Junho, a segurança do edifício recebe uma chamada muito estranha, que depois de encaminhar para aqui e para ali, foi parar ao Serviço de Comunicação. Segue-se a reprodução da conversa:

- Estou... eu queria falar por favor com o Sr. José Carlos Caldeira porque eu sofro muito dos meus pés, tenho calos e joanetes, percebe... e queria ver se ele me podia tratar dos pés. Li num jornal que vocês tratam disso...

- O Eng. José Carlos Caldeira é director no INESC Porto, mas não tenho conhecimento dessa actividade por cá. Em que jornal leu essa notícia?

- No Jornal de Notícias de hoje. Tenho-o aqui à minha frente. Acha que ele pode fazer alguma coisa por mim? É que tenho calos e joanetes, percebe...

- Deixe-me o seu nome e contacto por favor. Ligo-lhe logo que saiba de alguma coisa.

Poucos minutos depois desta chamada, entra um senhor no edifício do INESC Porto com o mesmo pedido.

Agora a notícia:

Venda de sapatos à medida revoluciona produção

Jornal de Notícias, 10 de Junho de 2003

Texto de Marta Reis

Em breve será possível digitalizar os pés em sapatarias e fazer encomendas pela Internet. Portugal integra projecto europeu que visa agilizar fabrico e entrega de calçado.

Já imaginou entrar numa sapataria, digitalizar os próprios pés, escolher a cor e o modelo do sapato que pretende adquirir, e este ser-lhe entregue em casa, passados cerca de dez dias, feito completamente à sua medida, adaptado às características únicas do seu pé, tenha ou não calos ou joanetes, por exemplo? Tal começará a ser possível já a partir do próximo ano e constituirá o resultado mais visível do Euroshoe (Extended User Oriented Shoe Enterprise), um projecto europeu em que participa uma empresa do distrito de Aveiro (Lirel) e a Jefar, em Reigoso.

(...)

Fabricar um sapato costumizado e dar resposta num prazo máximo de 15 dias "representa uma revolução", refere José Carlos Caldeira, do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores do Porto (INESC Porto). Para que funcione em pleno, "obriga a uma integração total, desde a sapataria até ao fornecedor de matérias-primas".

(...)

 

... e os jogadores do Torneio de Futebol nos anos 60

Esta história não precisa de explicações. O BIP agradece o empenho de Nuno Fernandes do DCI.

 

Equipa da UESP

Equipa da UTM2

Equipa Os Krackes


Equipa da UOSE


Equipa dos Power All Stars


Equipa da USIC

Equipa da UTM1

 

 

Galeria do Insólito

Nesta secção recolhem-se, para a cultura do INESC Porto, experiências insólitas, bem-humoradas ou simplesmente interessantes da vida profissional dos colaboradores. Se o tipo de relato assim o aconselhar, os intervenientes podem ser referidos por nomes fictícios. As histórias podem ser enviadas para bip@inescporto.pt não devendo ultrapassar os 2500 caracteres (com espaços entre palavras incluídos).