B O L E T I M Número 82 de Abril 2008 - Ano VIII

 BIP in English  BIP in English 

Início Destaque Editorial Especial Arquivo
 

N o t í c i a s  

INESC Porto LA  

A n ú n c i o s  

  • Jobs For The Boys And Girls
  • Nesta secção, o leitor encontra referência a anúncios publicados pelo INESC Porto, oferecendo bolsas, contratos de trabalho e outras oportunidades do mesmo género...

Ver Opinião

 

N O T Í C I A S


USIC implementa resultados do e-ASLA em Mondim de Basto

Imagem Principal Artigo

A Câmara Municipal de Mondim de Basto prossegue com a implementação dos resultados do projecto e-ASLA, desenvolvido pela Unidade de Sistemas de Informação e Comunicação (USIC) do INESC Porto.

Após ter lançado uma primeira versão do seu sítio na Internet (http://www.cm-mondimdebasto.pt), usando como base a plataforma do projecto e-ASLA, prossegue agora com a implementação dos processos de negócio on-line.

Susana Mota, coordenadora do projecto e-ASLA na Câmara Municipal de Mondim de Basto, refere que «o Município de Mondim de Basto tem vindo a adequar a sua actividade ao novo quadro de competências que lhe está  adstrito e, neste sentido, o recurso às novas tecnologias torna-se uma  solução imperiosa, como forma de dar resposta aos novos desafios da actualidade».

Para Mondim de Basto, o projecto e-ASLA foi uma das ferramentas mais inovadoras que o Município adoptou nos últimos anos, refere a coordenadora. Originou um forte impacto -  ao nível da organização e modo de funcionamento - na instituição, por via da necessidade de reflexão em torno do levantamento dos processos de negócio - adstritos às actividades por ela desenvolvidas -, e ainda, por via do processo de implementação de serviços on-line, a partir da plataforma.

«Julga-se que a framework e-ASLA permitiu dar um salto qualitativo - sobretudo na dimensão e-GOV - e posicionar o Município num patamar de oportunidades para novos desafios. Neste sentido, reitera-se a confiança na credibilidade do projecto e-ASLA, um projecto feito à medida das necessidades e reitera-se a vontade em cooperar na sua continuidade, com o objectivo de incrementar a capacidade tecnológica instalada, e alcançar melhores níveis de modernização administrativa», afirma Susana Mota.

Segundo a Autarquia, o projecto e-ASLA teve impacto a vários níveis. O primeiro foi o de obrigar a fazer um levantamento sobre os processos de negócio que decorrem no dia a dia e a sua caracterização. O segundo permitiu criar uma plataforma tecnológica que, com recursos exclusivamente internos, conferiu uma identidade ao município e deu-lhe presença na Internet. Em terceirolugar refira-se a conjugação dos pontos anteriores, que permitiu à equipa de trabalho virar-se agora para a implementação dos processos de negócio identificados e caracterizados na primeira fase do projecto.

Recordamos que o projecto e-ASLA foi um projecto INTERREG III B SUDOE, cujo objectivo era a definição de uma framework e-ASLA que permitisse a integração de software de código livre e comercial, para suportar os processos administrativos, orientada a processos de negócio.

Foram envolvidos parceiros com três perfis distintos: tecnológicos, associações de municípios e autarquias. De Portugal participaram o INESC Porto, a AMNA - Associação de Municípios do Norte Alentejano, a Câmara Municipal de Castelo de Paiva, a Câmara Municipal Mondim de Basto, a Câmara Municipal do Alandroal, de Espanha participaram a Universidad Politécnica de Madrid, a Universidad de Castilla-La Mancha, a ADI Mancha Júcar-Centro, a FEVAL - Institucion Ferial Extremadura e de França a
Aquitaine Europe Communication.

A participação do INESC Porto foi assegurada pela USIC, tendo sido desenvolvido um modelador de processos de negócio com geração automática para o motor de processos jBPM e feita a sua integração com o servidor de aplicações Liferay que inclui o referido motor de processos de negócio.

Neste projecto foram aplicados paradigmas como Model Driven Developement que permite a geração automática de aplicações a partir de modelos concebidos por técnicos com conhecimento do domínio de aplicação.

Todo o software, manuais e documentos do projecto e respectivas actualizações encontram-se no sítio da Internet com o endereço http://e-asla.inescporto.pt. Brevemente será disponibilizada mais uma actualização à plataforma.

O núcleo da equipa do INESC Porto foi constituído por Rui Barros como responsável do projecto, por Ademar Aguiar como responsável científico e pelos técnicos Anabela Soares, Lígia Silva, Paulo Melo, Pedro Madureira e Ricardo Dias.

O projecto foi destaque no número 74 do BIP.



INESC Porto © 2021  |Discutir no Forum   |Ficha Técnica   |Topo      

RESPONSABILIDADE: O BIP é um boletim irreverente e não oficial e os artigos e opiniões publicados não pretendem traduzir a posição oficial da instituição, sendo da responsabilidade exclusiva dos seus autores.