B O L E T I M Número 67 de Dezembro 2006 - Ano VI

 BIP in English  BIP in English 

Início Destaque Editorial Especial Arquivo
   

N O T Í C I A S


INESC Mágico faz balanço de actividades de 2006

Imagem Principal Artigo

Idealizado em Fevereiro e anunciado em Maio, o INESC Mágico assumiu-se como um grupo informal com a missão de “organizar actividades de arte e lazer que promovam a interacção entre os colaboradores do INESC Porto”. No BIP de Maio, propusemos aulas, pirilampos, visitas, apresentações, palcos, debates e bolos mágicos! Uma verdadeira avalanche de magia que reflectia a vontade de transformar o INESC Porto num espaço ainda mais acolhedor para os inesquianos. Sete meses volvidos, podemos dizer que se concretizaram pelo menos quatro das “sete maravilhas” sugeridas em Maio.

Aulas mágicas
Em Julho, tiveram lugar “aulas mágicas” de dança latino-americana, leccionadas pela Alexandra Baldaque. Inscreveram-se cerca de 30 inesquianos e as aulas superaram todas as expectativas!

Pirilampos mágicos
Não é de estranhar que o primeiro “pirilampo mágico” tenha sido atribuído à Alexandra Baldaque. Mais do que ensinar, soube demonstrar “com quantos passos se faz uma coreografia”. Além do mais, foi incansável nas explicações e até nos arranjos técnicos relacionados com a “aparelhagem improvisada” no auditório do INESC Porto.

Visitas mágicas
A primeira “visita mágica” foi também acolhida com entusiasmo pelos inesquianos. Ao contrário do que se previa, não foi uma visita a uma unidade do INESC Porto, nem relacionada com as suas actividades. Aliás, e apesar do vendaval que se fazia sentir nesse dia, foi uma “visita” que se ficou pela entrada do INESC Porto. Tratou-se do primeiro Magusto realizado em 20 anos.

Um regresso nostálgico à infância para todos aqueles que, antes de se tornarem inesquianos, tiveram o prazer de comer umas castanhinhas assadas em Novembro. Para quem nunca tinha tido tal prazer foi uma boa oportunidade para se estrear nesta tradição tão portuguesa, (bem) acompanhada por um copinho de jeropiga. Um bem-haja, portanto, ao Sr. José e à sua esposa, Paula, que nos serviram “castanhas com simpatia”, além da jeropiga que a Paula Castro soube providenciar.

Apresentações mágicas
A Paula Castro receberá, aliás, o segundo pirilampo mágico da curta história do INESC Mágico. Já o merecia pela jeropiga, mas merece-o ainda mais pela excepcional exposição de bonecas que o auditório recebeu em Dezembro. Um verdadeiro exemplo de inspiração, a exposição relembrou-nos que “tudo vale a pena quando a alma não é pequena”. Basta dizer que não têm faltado convites à criadora – a própria Paula Castro – para expor as suas bonecas nacional e internacionalmente. À imagem do que havia acontecido com o curso de dança da Alexandra Baldaque, ficou demonstrado que o INESC Porto se pode orgulhar do talento artístico que tem “dentro de portas”.

Em 2007, esperamos continuar a surpreender os inesquianos com o seu próprio talento, imaginação e criatividade. A exposição de fotografias de Verão será a primeira de várias iniciativas e os convívios mensais manter-se-ão naturalmente.

Finalmente, e porque “os últimos são os primeiros”, queremos dedicar estas últimas linhas àqueles que hoje não podem participar no INESC Mágico mas já o fizeram. Magiquianos que, talvez sem se darem conta, moldaram a identidade actual do INESC Mágico. Porque estiveram presentes desde o primeiro minuto, porque tiveram aquela ideia brilhante em cima da hora ou simplesmente… porque nos fazem falta! Alexandra Baldaque, Alexandra Xavier, Ana Rodrigues, Ana Monforte, Cidália Lima, Ireneu Dias e Rosa Muniz: ainda estamos a contar com o vosso regresso!

A equipa INESC Mágico




INESC Porto © 2021  |Discutir no Forum   |Ficha Técnica   |Topo      

RESPONSABILIDADE: O BIP é um boletim irreverente e não oficial e os artigos e opiniões publicados não pretendem traduzir a posição oficial da instituição, sendo da responsabilidade exclusiva dos seus autores.