B O L E T I M Número 73 de Junho 2007 - Ano VII

 BIP in English  BIP in English 

Início Destaque Editorial Especial Arquivo
   

N O T Í C I A S


Roleta Russa

Não perca a Roleta Russa desta edição com "vítimas" muito interessantes. Conheça melhor Dionísio Pereira, Filipe Magalhães e Ricardo Bessa.

  Nome

Dionísio Pereira

Tipo de Ligação

Bolseiro

Unidade/Projecto

UOSE

Três coisas que faria se soubesse que iria morrer amanhã

Primeiro fazia de conta que era mentira, depois fazia cabrito assado para o almoço e bacalhau com broa para o jantar.

Que faria se um dia acordasse e tivesse mudado de sexo

Ia ao médico e perguntava, “Doutor é grave? ”.

Continuaria a trabalhar no INESC Porto se lhe saísse o Euromilhões

Sim, nas horas vagas.

Quem não gostaria de ter como vizinho

Depois de me sair o Euromilhões o problema não se punha.

Uma coisa que o ponha doido

Alguém ser mais teimoso do que eu.

Que maldade faria à pessoa que mais detesta no INESC Porto

Quem conheço não detesto, quem não conheço muito menos poderia detestar.

Fantasia que nunca realizou

Nunca se sabe.

 

Nome

Filipe Magalhães

Tipo de Ligação

Bolseiro

Unidade/Projecto

UOSE

Três coisas que faria se soubesse que iria morrer amanhã

Mas, eu não sou imortal...?!
"Ah, quanta vez, na hora suave pela morte vivemos, porque só somos hoje, porque morremos para ontem.
Pela morte esperamos, porque só poderemos crer em amanhã, pela confiança da morte de hoje.
Tudo o que temos é a "Morte", tudo o que queremos é a morte, é morte tudo o que desejamos querer..." - Fernando Pessoa.

Que faria se um dia acordasse e tivesse mudado de sexo

Depois de recuperar do estado de choque, acho que ia a correr para um espelho para ver se, para além de
ter mudado de sexo, também tinha tido o infortúnio de continuar com o aspecto actual (com barba e tudo eheheh)...

Continuaria a trabalhar no INESC Porto se lhe saísse o Euromilhões

Se o montante fosse bastante avultado creio que não. Não porque não goste de aqui trabalhar, mas sim porque uma sorte dessas não se repete duas vezes e só teria uma oportunidade para usufruir dela. Mas como não jogo...

Quem não gostaria de ter como vizinho

José Castelo-Branco.

Uma coisa que o ponha doido

Pelo bom sentido, a aventura. Pelo mau sentido, a
intriga.

Que maldade faria à pessoa que mais detesta no INESC Porto

Até à data não há ninguém a quem possa apontar o dedo nesse sentido, mas a vingança não faz parte de mim...

Fantasia que nunca realizou

Ver a Terra do Espaço...

 

Nome

Ricardo Bessa

Tipo de Ligação

Bolseiro

Unidade/Projecto

USE

Três coisas que faria se soubesse que iria morrer amanhã

Mentalizava-me que iria descobrir o grande mistério da vida e ao mesmo tempo a única certeza da vida, a morte. Depois pensava num local para morrer, por fim, iria dormir porque a vida é mesmo assim.

Que faria se um dia acordasse e tivesse mudado de sexo Fazia uma viagem metafísica na busca do outro “eu”.
Continuaria a trabalhar no INESC Porto se lhe saísse o Euromilhões

Muito provavelmente iria estar preso, porque iria financiar um golpe de estado, o que por vezes não é socialmente e judicialmente bem aceite.

Quem não gostaria de ter como vizinho

Todo o tipo de pessoas que partilham da ideia que fazer barulho a partir das 2h da manhã é um modo de vida.

Uma coisa que o ponha doido

A mentira.

Que maldade faria à pessoa que mais detesta no INESC Porto

Tantas coisas, todas elas numa mistura explosiva entre sadismo e imaginação, mas para isso era preciso existir alguém que deteste...

Fantasia que nunca realizou

Ganhar o euromilhões.



INESC Porto © 2021  |Discutir no Forum   |Ficha Técnica   |Topo      

RESPONSABILIDADE: O BIP é um boletim irreverente e não oficial e os artigos e opiniões publicados não pretendem traduzir a posição oficial da instituição, sendo da responsabilidade exclusiva dos seus autores.