INESC Porto
Galeria Jorge de Sena
Boletim INESC Porto
 
B o l e t i m N ú m e r o : 2 9 ( i n t e r n o ) / 1 5 ( p ú b l i c o )
 
 


O p i n i ã o

A Vós a Razão
Leitor reflecte: "A avaliar pelo tipo de reportagens apresentadas, a ciência e tecnologia configura-se como sendo simplesmente TUDO que nos rodeia, "se és jovem, e fizeste uma montagem no Photoshop ou no SolidWorks então olé! já aconteceu ciência".

Galeria do Insólito
Desta vez, uma contribuição da UOSE, tão longe e tão perto de nós... "Aqui apresento a primeira página do meu dicionário óptico com algumas palavras e pequenas frases que se ouvem no laboratório de óptica."

Asneira Livre
Leitor revela: "Hoje quero aproveitar este espaço que o BIP me disponibilizou para compartilhar convosco alguns aspectos relacionados com a minha experiência, até à presente data, no INESC Porto".

Biptoon
Bamos Indo Porreiros

Especial
Está a chegar o bom tempo e as festas populares não tardam... Participe no novo concurso do BIP: Quadras de S. João.

Notícias

 

Esforço e boa fortuna 

 

Este comentário é curto e destina-se a saudar a capacidade do INESC Porto de se adaptar aos tempos e reagir, em geometria variável, por forma a cumprir a sua missão e todavia sobreviver.

2002 foi um ano difícil. Os contratos directos com empresas tiveram uma quebra substancial. Todavia, a instituição conseguiu posicionar-se no contexto da crise, e reuniu proveitos extraordinários que puderam compensar a perda de facturação referida.

Na verdade, o INESC Porto encerra as suas contas de 2002 com um pequeno lucro contabilístico. Este resultado foi aprovado na recente reunião do Conselho Geral e demonstra mais uma vez (como se ainda fosse preciso...) a vitalidade do modelo.

Este resultado assinalável (recordemos o contexto de crise), se visto em paralelo com o esforço, a todos os títulos notável, empreendido pelas Unidades na participação em propostas a programas Europeus, permite-nos todas as esperanças.

Boa sorte, Inesquianos.