B O L E T I M Número 74 de Julho 2007 - Ano VII

 BIP in English  BIP in English 

Início Destaque Editorial Especial Arquivo
   

N O T Í C I A S


Start-up Seegnal apresenta produtos até ao final de 2007

Imagem Principal Artigo

A Seegnal Research - Tecnologias de Processamento de Sinal, Lda., empresa start-up que tem o investigador do INESC Porto, Aníbal Ferreira, como sócio-fundador, começou já a fazer os desenvolvimentos previstos no seu plano de negócios e prevê apresentar alguns produtos na área da terapia da fala, durante o segundo semestre deste ano.

Especialista na área do processamento digital de sinal aplicado a áudio, o colaborador da Unidade de Telecomunicações e Multimédia (UTM) fundou esta empresa em 2004, como resultado de um spin-out da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e do INESC Porto (*).

Sediada na Maia, a Seegnal desenvolve actividades de engenharia aplicada, na área do Processamento Digital de Sinal, orientadas para a inovação de produtos e serviços, e pautadas por critérios de elevada qualidade, rigor, confidencialidade e profissionalismo.

Estas actividades abrangem, em geral, as componentes de consultoria, investigação, projecto e desenvolvimento de soluções tecnológicas, em software ou hardware, para apoio ao processamento informático de sinal, nomeadamente áudio ou voz, e à comunicação de informação multimédia.

Em particular, a empresa oferece soluções vocacionadas para aplicações interactivas, através da valorização das funções de apresentação, reconhecimento e visualização de informação acústica, tornando a interacção mais apelativa, enriquecida, eficaz e em tempo-real. As áreas principais de actuação incluem a terapia da fala, o diagnóstico da voz, a colocação da voz e o ensino do canto.

A Seegnal Research, Lda. é uma empresa que conta com a participação de um business angel e com o apoio, desde Janeiro de 2007, da Iniciativa NEOTEC, através do Programa Operacional da Sociedade do Conhecimento da União Europeia e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Para mais informações podem contactar o site da empresa em: http://www.seegnal.pt/.

(*)Nota - Segundo a definição de spin-out como uma empresa formada quando um empregado ou grupo de empregados deixa uma empresa para formar uma nova firma. A literatura também refere estes casos de empresas emergindo do contexto universitário como research spinoffs. A definição da United States Securities and Exchange Commission, mais limitativa, requer, no contexto corporativo, que o capital das spin-out seja inicialmente distribuído pelos accionistas da empresa mãe - o que não é o caso da Seegnal.



INESC Porto © 2021  |Discutir no Forum   |Ficha Técnica   |Topo      

RESPONSABILIDADE: O BIP é um boletim irreverente e não oficial e os artigos e opiniões publicados não pretendem traduzir a posição oficial da instituição, sendo da responsabilidade exclusiva dos seus autores.